Amazonas Tapajós

0
  • País Nombre
    Brasil Bosque Modelo Amazonas Tapajós
    Datos generales Información de contacto
    Superficie: 4 millones Ha

    Año de afiliación a la RIBM: 2017

    Población: 321,235 habitantes

    Marcelo Santos Melo

    flomat.amazonastapajos@gmail.com

    Sitio web:

    https://flomat-amazonastapajos.blogspot.com

  • Trata-se da Floresta Modelo Amazonas Tapajós – FLOMAT, cujo objetivo é a formação de um espaço que permita aos diversos atores o atendimento dos princípios de sustentabilidade ambiental em suas atividades desenvolvidas na região, com a melhoria da qualidade de vida da população, visando o estímulo à economia formal com produtos e serviços oriundos da FLOMAT. A área de 4.081.302,00 hectares está localizada no Estado do Pará, na região oriental do rio Amazonas em confluência com o rio Tapajós, identificada como Baixo Amazonas, cuja paisagem predominantemente florestal ainda mantém cerca de 78% de cobertura florestal natural.

    Deverá ser feito um esforço contínuo de levar o conceito de Florestas Modelo às comunidades pertencentes às unidades territoriais que a forma, uma vez que essa área apresenta um dos desafios clássicos amazônicos que é a grande distância entre as cidades; os problemas de comunicações relativos ao processo de adaptação às novas tecnologias; a carência de recursos necessários, entre outros.

  • O território da FLOMAT é predominantemente formado terras públicas como as UC’s, Territórios Indígenas e assentamentos da reforma agrária, e, em menor medida, por propriedades privadas destinadas à agricultura e pecuária.

    Na bacia do Tapajós, dos cerca de 50 milhões de hectares 42% estão protegidos por UC’s ou Terras Indígenas e 22% estão sob forma de uso alternativo do solo.
    Sob o território banhado pelos três grandes rios Amazonas, Tapajós e Arapiuns, está o Sistema Aquífero Alter do Chão, ocupando uma área de 312.574 km2. É considerado o maior aquífero do mundo em volume, tendo 86 mil km³ de água doce.

    A economia da região é baseada na extração de minérios, na agropecuária e na exploração florestal madeireira, além do turismo, pois as cidades de Santarém e Belterra, em seus entornos são conhecidas por suas praias, floresta tropical, igapós, cerrado amazônico e por suas manifestações culturais e religiosas.

    O Território da FLOMAT possui uma população de aproximadamente 321.235,00 habitantes, considerando os Municípios de Santarém, Belterra e Aveiro. Santarém continua sendo a cidade de maior importância do Oeste do Pará. Por oferecer melhor infraestrutura econômica e social, ter um setor de serviços mais desenvolvido e pela sua localização estratégica privilegiada.

  • A FLOMAT, é uma organização autônoma, formada por instituições. É composta pela Assembleia Geral, Diretório, Secretaria Executiva, e quatro Câmaras Técnicas. Possui os seguintes membros fundadores:

    Conselho nacional das Populações Extrativistas; Instituto de Desenvolvimento Sustentável Elo; Federação das Organizações e Comunidades Tradicionais da Floresta Nacional do Tapajós; Federação das Associações de Moradores e Comunidades do Assentamento Agroextrativista da Gleba Lago Grande; Universidade Federal do Oeste do Pará; Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Santarém; Serviço Florestal Brasileiro; Cooperativa Mista da Flano do Tapajós; Projeto Saúde e Alegria; Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia; Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade; Organização das Associações da Reserva Extrativista Tapajós Arapiuns; Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária; Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Aveiro; Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo de Belterra; Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais; Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais; Cooperativa dos Trabalhadores Agroextrativistas do Oeste do Pará; Federação das Associações Comunitárias do Projeto Agroextrativista Eixo Forte e Instituto Sebastião Tapajós.

    A Diretoria que é formada por Presidente, Secretário Geral, Secretários das Câmaras Técnicas, tesoureiro, Diretores suplentes e Conselho fiscal, será eleita pela Assembleia Geral que é formada por representantes de organizações, eleitas entre os membros fundadores da FLOMAT e por quatro representantes das Câmaras Técnicas.

    O Regimento define as Câmaras Técnicas como responsáveis pela proposição das ações que serão aprovadas em Assembléia para compor o Plano de Trabalho a ser executado pelas instituições parceiras, sob a mediação do Presidente.

  • Objetivos estratégicos

    • Ações de divulgação presencial no território de abrangência, envolvendo reuniões com o público das instituições parceiras, aproveitando a preparação para o Inventário Florestal Nacional em 2019
    • As instituições parceiras passarão a incluir a FLOMAT em suas ações
    • Consolidação dos instrumentos e estratégias de gestão, destacando-se a importância da comunicação entre o sócios e dos sócios para o seu público; Para tanto, está em elaboração um Blog para a FLOMAT
    • Realizar treinamento para qualificação dos integrantes da FLOMAT para o atendimentos dos seus princípios fundamentais. Manter os sócios cientes dos seis princípios que regem a FLOMAT
    • Buscar oportunidades de financiamento para as ações da FLOMAT

    Acciones clave en curso para cumplir los objetivos

    • O Blog da FLOMAT está em teste
    • Os parceiros permanecem na busca de oportunidades de financiamento de atividades dos parceiros no âmbito da FLOMAT

    OBS.: 2018 como ano político no Brasil, não foi favorável ao desenvolvimento de ações que envolvem a mobilização das instituições, considerando a forte polarização das posições políticas.

     

Share.

Comments are closed.